©2006 Instituto Percepções de Responsabilidade Social - Todos os direitos reservados.

  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Twitter Social Icon

VivaVôlei Solidário

​Máxima

O Projeto VivaVôlei Solidário é uma iniciativa do Instituto Percepções de Responsabilidade Social em parceria com a CBV - Confederação Brasileira de Voleibol - que visa a promoção e inclusão de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social e também aquelas que possuem algum tipo de deficiência, além de pessoas da terceira idade, através da prática do vôlei.

Inauguração 

Inauguração

A inauguração do núcleo VivaVôlei Solidário na Praia de Copacabana aconteceu em 11 de março de 2007 e uma festa com a participação de artistas, atletas do voleibol nacional e integrantes das comunidades atendidas pelo projeto. Desde cedo, mais de cem crianças e adolescentes lotaram as três redes montadas bem em frente à Av. Princesa Isabel para retirarem suas carteirinhas e aprenderem os primeiros fundamentos do voleibol.

Em 2008 o projeto foi renovado para atender gratuitamente a população do bairro de Copacabana, principalmente às Comunidades dos Morros da Babilônia e Chapéu Mangueira.

Símbolo

O símbolo do VivaVôlei Solidário foi criado a partir de uma obra do artista plástico Manasses Andrade.

Manasses é vice presidente do IPRS e já recebeu diversos prêmios no Brasil e exterior, tornando-se ainda mais conhecido quando suas obras foram utilizadas na abertura da novela Cabocla da TV Globo.

Atletas

O VivaVôlei Solidário conta com o apoio de atletas e ex-atletas do voleibol como Nalbert e Adriana Behar.

"É importante a valorização das crianças e adolescentes através da prática do esporte. No caso do projeto VivaVôlei Solidário esse objetivo é ampliado com o atendimento de crianças com deficiência e pessoas da terceira idade" disse Nalbert.

Artistas

"Acompanho o trabalho sério desenvolvido pelo Instituto Percepções com o VivaVôlei Solidário e vejo que tudo isso é feito com muito amor e traz felicidade de verdade para essas crianças. O Brasil precisa disso", afirmou designer Hans Donner.

Foto: Marco Vitale